Browse By

Homens no Mundo: Rio Branco por Geh Alencar

Por Thiago Alves

Inauguramos hoje no À La Brutus a coluna quinzenal Homens No Mundo, que irá trazer homens de diferentes estilos em diversos pontos do mundo. O principal conceito da coluna é fugir do eixo Rio-São Paulo/Paris/Milão/NYC/Londres, mostrando que para ter atitude e estilo, não precisa viver em uma capital da moda.

Para começar a coluna, conversamos com DJ, promoter e fotógrafo Geh Alencar, nascido em Belém, no Pará, mas que atualmente vive em Rio Branco, no Acre. Como era de se esperar, o fotógrafo afirma se sentir desconfortável com piadas que envolvem seu estado que, mesmo não sendo sua terra natal, criou um profundo amor e respeito.

 

Fu*k ??

Uma foto publicada por Geh Alencar (@gehalencarr) em

 

Apesar do que muitos pensam, a capita Rio Branco é bem movimentada e consegue agitar a vida do fotógrafo. “E toco em alguns eventos, promovo baladas em Rio Branco, cidade onde eu moro. Eu também dou dicas de moda em um programa local, além de trabalhar como fotógrafo e manter um e-commerce”, afirmou.

Sobre a dificuldade de conseguir se vestir com as peças que gosta ou buscar eventos, Geh é enfático. “É um pouco complicado. Aqui é tudo mais comercial, uma coisa mais “normal”. Então para comprar as coisas eu peço de fora, tudo pela internet. Aqui em Rio Branco tem uma galera super descolada, blogueiras como a Ana Clara Campelo, do Zebra Trash e todo mundo se vira com a internet. A cidade é bem carente de eventos culturais, por isso eu acabo promovendo baladas”.

 

Sunday ?

Uma foto publicada por Geh Alencar (@gehalencarr) em

  Geh Alencar ainda afirma que, devido ao estilo, acaba chamando atenção na cidade, que não é tão pequena, pois Rio Branco tem, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) 308.545 (dado de 2010). “Logo quando eu cheguei aqui em Rio Branco, eu notei que as pessoas achavam tudo estranho, achava diferente. Aqui é mais coragem. As pessoas não têm coragem de ousar, por ser uma cidade pequena”, comenta. “O que eu nunca achei bacana aqui foram as pessoas se vestirem como se estivessem de uniforme. Então comecei a ousar e percebi que as pessoas começaram a fazer o mesmo. Gosto muito de Jeremy Scott, então sempre que compro coisas, vejo gente usando também. As pessoas ficam esperando que alguém use primeiro para depois usar”, completa o fotógrafo.  

Relax ??#sotogrande #marbella #espain #andalucia

Uma foto publicada por Geh Alencar (@gehalencarr) em

 

NEM TODA PIADA É ENGRAÇADA

Logo quando começou a entrevista, uma das primeiras coisas que perguntei foi sobre as piadas com seu estado, o Acre. Como a maioria dos acreanos (mesmo que de coração), Geh Alencar afirmou se incomodar com as brincadeiras.

“Rola bastante e fico chateado. Quando eu vou para São Paulo ou para o Rio de Janeiro sempre escuto essas piadas, mas tento me sair da melhor forma possível. Tento deixar a pessoa se sentir mal de estar falando aquilo, porque o Acre é um Estado maravilhoso e tem uma história incrível”, contou.

 

  Geh ainda contou sobre o que mais chama atenção no estado que o acolheu. “Aqui em Rio Branco tem uma questão ambiental muito forte. Daqui saiu Chico Mendes, que lutou bastante e é conhecido internacionalmente. Ele ajudou a preservar a cultura indígena. Aqui tem um órgão público chamado “Oca”, no formato de uma oca indígena. Para quem quiser conhecer mais sobre o estilo de Geh Alencar, que se inspira em Jeremy Scott e Diego Fávaro, é só seguir suas redes sociais, como o instagram @gehalencarr e @supercoolac (loja virtual), snapchat gehalencar.  

? Uma foto publicada por Geh Alencar (@gehalencarr) em

Comments

comments