Browse By

A Beleza Italiana de Sasha Marini

Por Thiago Alves

(Postado originalmente no blog navybluecloset.com.br)

FALLEN ANGEL 1

Fallen Angel by Tak Kuroha

Com uma beleza exótica, o modelo italiano Sasha Marini rodou o mundo estampando as mais influentes revistas de moda, entre elas, Vogue, GQ, Posh, Esquire, Elle, Marie Claire, Men’s Health entre outras. Trabalhou com os maiores fotógrafos e diretores do mundo fashion como Phil Poynter, Michael Baumgarten, Errikos Andreou e, segundo a imprensa, sendo o queridinho de Alberto Rugolotto.

SASHA MARINI @ LA JOLLA

US Première of 100% Model at La Jolla Fashion Film Festival

Recentemente, Sasha Marini emprestou seu rosto à campanha “Shout Up You Can”, que visa à luta contra os abusos sexuais na indústria da moda. O Navy Blue Closet teve o prazer de conversar com Sasha, que nos fala um pouco de seus projetos, de sua carreira e de sua vida pessoal.

Navy Blue Closet: Fale um pouco sobre a sua carreira, como começou, seus primeiros trabalhos, como foi descoberto.

Sasha: Eu comecei como modelo há 15 anos quando eu ainda estava estudando Direito na universidade na tentativa de conseguir algum dinheiro extra. Percebi que a moda era mais do que uma paixão, então eu decidi viajar pelo mundo a fim de conseguir uma bagagem maior e mais competitiva para a minha carreira. Eu vivi em Atenas, Barcelona, Madri, Berlin, Hamburgo, Munique, Istanbul, Viena, Zurique, Los Angeles, Nova Iorque: todas essas cidades são definitivamente uma parte de mim e me deu a chance de ser um homem com a mente realmente aberta.

TOPF 2

You Have Rolex, I Have Time by Oliver Topf

Navy:  Quais foram os maiores incentivadores da sua carreira?

Sasha: Para ser honesto meus maiores incentivadores foram meus pais e o primeiro de todos, eu mesmo. Conheci muitas pessoas que não acreditaram em minhas habilidades e não prestaram atenção em minha carreira, entretanto, eu sempre busquei o meu melhor para ser focado, continuando sempre a conseguir os meus objetivos.

Navy: Quais foram as maiores dificuldades encontradas ao longo da carreira?

Sasha: A falta de respeito, falsidade, superficialidade, a besteira de “fashion victims” e também aquelas pessoas que se aproveitam de sua posição e influência para satisfazer desejos sexuais.

Navy:  A imprensa o coloca como o favorito de Alberto Rugolotto, o que me diz dessa parceria?

Sasha: Eu não acho que eu era o favorito de Alberto Rugolotto, embora nós tenhamos fotografados juntos inúmeras vezes. Ele é um fotógrafo muito talentoso e com um ponto de vista artístico sobre moda. Eu acho que fui o modelo certo para alguns dos editoriais dele, que são capazes de ir além do esperado e fazem as pessoas pensarem.

DECADENCE 05

Decadence by Alberto Rugolotto

Navy:  Recentemente você “emprestou” o seu rosto a campanha “Shout Up You Can”. Qual a sua relação com a campanha?

Sasha: “Shout Up You Can” (www.shoutupyoucan.com) é um projeto ético e social para dizer “Pare com os abusos sexuais no sistema da moda”, que convida todos os modelos a se posicionar contra, não se deve manter silêncio contra as tentativas de abuso sexual que possam sofrer ao longo de sua carreira. O projeto é um instrumento de proteção, que vai ajudar os modelos a se certificarem que estão sendo respeitado, requisito essencial de responsabilidade social e ética no trabalho, a ausência de condicionamento psicológico e abusos de todos os tipos.

SLUT OR MODEL CAMPAIGN

Slut or Model? by Piero Visconti

Navy: Como foi a participação da campanha no La Lolla Fashion Film Festival?

Sasha: Foi uma honra enorme nos apresentar na Première de “100 Model” no palco do La Lolla Fashion Film, que aconteceu em julho de 2012. Foi uma experiência muito emocionante e importante para espalhar a mensagem do “Shout Up You Can”. A exibição do filme teve um excelente retorno e me deu a oportunidade de ser reconhecido como ““September’s Diplomat Artist of the Month” durante a semana de moda de Nova Iorque (http://diplomaticallyincorrect.org/blog_post/sasha-marini-septembers-diplomat-artist-of-the-month/56021).

Navy:  Quais as dicas que você pode dar para os jovens que querem seguir a carreira de modelo?

Sasha: Sugiro a todos os modelos para basear sua carreira em valores como o respeito pelo seu corpo e mente, dignidade, integridade e profissionalismo. Não há atalhos para o sucesso porque o sucesso não vem com sexo. Uma atitude de escravo não é regra para se promover na carreira de modelo.

Navy:  Quais são os seus projetos futuros?

Sasha: Após o trabalho de modelo, gostaria de trabalhar como ator: eu acho que tenho uma atitude muito natural para a ação, assim continuarei trabalhando arduamente para conseguir meus objetivos.

Navy: Mande um recado para os leitores do “Navy Blue Closet”.

Sasha: Eu gostaria de compartilhar meu mantra: “Nada Acontece por Acaso”.

Para conhecer mais do trabalho de Sasha Marini, acesse o seu site pessoal www.sashamarini.com

Agradecimento especial a Marco Vicente.

Comments

comments