• Home »
  • Banner »
  • Terceiro ‘Capitão América’ dá dicas do futuro da Marvel no cinema

Terceiro ‘Capitão América’ dá dicas do futuro da Marvel no cinema

Uma das produções mais aguardadas de 2016, “Capitão América: Guerra Civil”, terceiro filme solo do supersoldado da Marvel, ganhou seu primeiro trailer ontem. O vídeo é apenas um aperitivo do que o estúdio prepara para um de seus personagens mais importantes e dá dicas do que está por vir no seu Universo Cinematográfico.

Logo na primeira cena – a mesma mostrada nos créditos de “Homem-Formiga” -, vemos Steve Rogers (Chris Evans) se encontrando com Bucky Barnes (o Soldado Invernal, vivido por Sebastian Stan). O amigo de Rogers, no entanto, está sendo perseguido, acusado de um atentado terrorista envolvendo os super-humanos (vistos em Vingadores: Era de Ultron).

No 'time' Capitão América estão Bucky, Falcão, Feiticeira Escarlate e Homem-Formiga. Visão é uma dúvida

No ‘time’ Capitão América estão Bucky, Falcão, Feiticeira Escarlate e Homem-Formiga. Visão é uma dúvida

A descoberta de humanos modificados deixa a humanidade em alerta, e os holofotes acabam se virando, também, para os herois. O general Thaddeus Ross (William Hurt) diz a Rogers que “o mundo não tolera” mais que os super-humanos continuem sem supervisão. Para ajudar Bucky, ele se rebela contra as ordens dadas pelo governo, e acaba sendo perseguido também.

Os eventos mostrados em “Era de Ultron” fazem com que o governo crie o “Tratado de Sokóvia”, que tem autonomia de controlar os super-herois. O documento é o equivalente, no filme, a “lei de registo super-humano”, mostrada nos quadrinhos nos quais o filme se inspira.

Assim, com Capitão América e aliados tidos como fugitivos, o governo precisa de alguém para caça-los. E como enfrentar um time de super-herois senão com outros super-herois? É assim que Tony Stark, o Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) entra no filme, iniciando uma batalha com o até então aliado.

Num dos melhores momentos do trailer, Capitão América e Bucky enfrentam o Homem de Ferro, numa luta fervorosa. Além disso, Roger diz que precisa proteger seu amigo (Bucky). A resposta de Stark é de cortar o coração: “Eu também era [seu amigo]”. Fica claro, aqui, que os Vingadores devem se separar a partir de “Capitão América: Guerra Civil”, e só devem se reunir novamente em “Vingadores: Guerra Infinita – Parte 2”, que será lançado em 2019.

Bucky e Steve Rogers enfrentam Tony Stark

Bucky e Steve Rogers enfrentam Tony Stark

Quem leu a saga Guerra Civil nos quadrinhos, percebeu que o trailer traz pouco daquele clima e dos momentos vividos nas páginas. Normal, até porque o Universo Cinematográfico da Marvel não possuiu todos aqueles personagens já apresentados. Nas HQ’s, por exemplo, estão personagens como Quarteto Fantástico e Golias. Na publicação, os herois se enfrentam devido à já citada “lei de registo”, que busca identificar todos os super-humanos. Nessa ocasião, Capitão América é contrário à regulamentação; Tony Stark, favorável.

Além disso, o trailer não mostrou a participação de um personagem bastante querido – e importante na Guerra Civil: Homem-Aranha. Claro que a Marvel iria segurar esse suspense o máximo possível. No entanto, quem aparece, de maneira bem tímida, é o Pantera Negra, novo personagem que deve ganhar um longa inédito em breve.

E você, o que achou do trailer?

Comments

comments