Browse By

Grace and Frankie: comédia de bom gosto do Netflix

 

Grace e Frankie têm personalidades totalmente diferentes

Grace e Frankie têm personalidades totalmente diferentes

Algumas pessoas merecem receber um Prêmio Nobel por sua contribuição ao mundo moderno. Willis Carrier, por exemplo. Ele criou o ar condicionado e salva nossas vidas no verão tupiniquim. Roger Lee Easton é outro. Se você chega aos lugares desejados sem errar o caminho, usando o GPS, é graças a ele. Os norte-americanos Marc Randolph e Reed Hastings também merecem estar na lista por motivos de: eles inventaram o Netflix.

O sistema de streaming que nos ajuda a navegar em mares cheios de Gugus, Faustões, Elianas, Datenas e outras companhias pouco agradaveis da TV aberta esconde algumas pérolas. Podemos inserir Grace & Frankie, série de 13 episódios (por enquanto), estrelada por Jane Fonda e Martin Sheen e exclusiva do Netflix, nesta lista. Com um humor refinado, o programa é um daqueles que vale a pena ser conferido.

Para começar, Grace & Frankie é roteirizado por Marta Kauffman. Achou esse nome familiar? E é mesmo. Marta escreveu todas as 10 temporadas de Friends, aquele seriado que eu, você, a torcida do Flamnego e até o cachorro da vizinha ama e já assistiu milhares de vezes. Além disso, a produção tem um elenco bem entrosado e, ao final da primeira temporada, fica aquela sensação de “quero mais”.

Sam Waterston vive Sol e Martin Sheen é Robert

Sam Waterston vive Sol e Martin Sheen é Robert

Grace & Frankie chegou de mansinho, sem fazer muito estardalhaço. Estreou no Netflix no dia 8 de maio, daquele jeito gostoso: com todos os episódios disponíveis. Reconheço que, num primeiro momento, o seriado não me chamou atenção. Foi por indicação de uma amiga que eu resolvi dar uma chance. E bastou apenas um episódio para eu me sentir cativado pelo enredo.

Ah, sim. O enredo. Essa é uma das coisas mais legais dessa série. Imagine dois casais. Grace e Robert e Frankie e Sol são amigos de longa data e estão casados há 40 anos. Até que, num belo dia, Robert e Sol decidem dizer às esposas que são gays e mantém um romance escondido há 20 anos! Esse é o plot inicial da série, que vai, ao longo dos 13 primeiros episódios, mostrar como essas duas mulheres vão lidar com uma vida totalmente nova depois de tantos anos; ao mesmo tempo, revela como as famílias vão lidar com essa revelação.

O problema é que Grace e Frankie, que são seres humanos totalmente opostos, vão ser obrigadas a conviver (e ajudar) uma a outra nesse novo momento da vida. Grace é um mulher cosmopolita, uma madame. Já Frankie é amante da natureza, dá aula de pintura para ex-condenados e curte uma maconha de vez em quando. Embora as diferenças sejam evidenciadas, são as semelhanças que irão aproximá-las.

Elas vão ter de aprender a conviver com suas diferenças

Elas vão ter de aprender a conviver com suas diferenças

Como dito, Jane Fonda (Grace) estrela o programa (ela também é produtora), ao lado de Martin Sheen (Robert). Também estão no elenco Lily Tomlin (Frankie) e Sam Waterson (Sol), além de alguns atores mais jovens como June Diane Raphael (a ótima Brianna), Brooklyn Decker (Mallory), Ethan Embry (Coyote) e Baron Vaughn (Bud).

Se você está procurando uma série bacana pra acompanhar no Netflix, recomendo Grace & Frankie. Com uma abordagem interessante sobre vários temas no mundo contemporâneo, o seriado agrada justamente pelo seu humor leve, com pitadas dramáticas aqui e ali.

Comments

comments